Star Trek e os anos 90

Por Plinio Ricca em 26/01/2018

Para mim, é difícil falar de Star Trek, principalmente porque não me considero um fã de longa data – Ao contrário da minha esposa. Sempre acompanhei mais Star Wars e outras séries e filmes de histórias espaciais, como por exemplo, Battlestar Gallactica.

Mas no último ano com a chegada da nova série, a Star Trek Discovery, me senti motivado a conhecer mais sobre o "universo Trek". Entre o lançamento de um episódio novo e outro, resgatei e me dediquei a assistir a Série Star Trek Voyager,  transmitida originalmente na década de 1990, com 7 temporadas. O resultado? Estou viciado nela e isso foi como colocarem uma pulga atrás da minha orelha.

Considerava os anos 1990 uma aberração na cronologia das produções televisivas e cinematográficas – um verdadeiro hiato que só resolvido em meados da década de 2000. Tenho uma teoria sobre isso, mas vou deixar para falar dela outra hora. Sempre reluto retomar ou conhecer qualquer coisa deste período, por isso a surpresa em conseguir apreciar com  gosto a Star Trek Voyager. Assisto pelo menos 1 episódio por dia, fora algumas mini-maratonas.

Se tivesse sido criada nos dias atuais, com recursos gráficos melhores, maior orçamento e um pouquinho mais de esforço para amarrar as pontas do enredo sem deixar a série cair na descontração "noventista" (agora só consigo pensar em Fresh Prince of Bel Air, Jovens Guerreiros Tatuados de Bervely Hills e outras tosqueiras), ouso afirmar que seria melhor que a atual série Star Trek Discovery, que em minha opinião faz mal uso de todos os recursos mencionados anteriormente.

Imagem de Os Jovens Guerreiros Tatuados de Bervely Hills, uma das pérolas dos anos 1990.

 

O Netflix lança no dia 16 de fevereiro de 2018 uma série saudosista aos anos 1990, que promete retomar os ícones da década e fazer justiça com esses "anos perdidos". A série se chama "Everything sucks" (jura?) e promete retratar a juventude e moda típicas da época, semelhante ao que  Stranger Things faz com os anos 1980. Pelo jeito, veremos muitos tazos, super nintendos e cia, além de drama/comédia juvenil. A sensação que tenho é que estive enganado sobre essa pobre década... quem sabe agora alguns itens que têm o seu valor não começam a fazer parte do meu rol de referências?

Receba em primeira mão nossas novidades, posts e promoções por email!

Enviando …

Erro.

Email recebido.

© 2018 Sopros - Todos direitos reservados

Receba em primeira mão nossas novidades, posts e promoções por email!

Enviando …

Erro.

Email recebido.

© 2018 Sopros - Todos direitos reservados